A lição que fica

encapuzado escuro

Muitas vezes ficamos nos perguntando o que nos leva a submetermos a sacrifícios exaustivos de livre e espontânea vontade. Sempre tive plena consciência que através destas ações passamos a compreender melhor o sofrimento alheio e a valorizar mais o que temos. Além disto, nos faz enxergar que sempre podemos superar nossas capacidades desde que venhamos a nos dedicar plenamente em nossos objetivos.

Para ilustrar o que foi dito, vou contar um acontecimento nesta última viagem: “….Cansados decidimos deitar em um banco de praça em Cubatão, enquanto Marcio sofria acordado com as bolhas no pé, Valdir passava por um leve sono. Foi quando Marcio viu dois rapazes caminhando em sua direção, achou num primeiro momento que se tratavam de ladrões, quando de repente um deles retirou um pacote de bolacha da mochila e entregou-o caridosamente a Marcio, que agradeceu dizendo que não havia necessidade, o rapaz insistiu para que ficássemos com a bolacha….”

Foi um momento de muita emoção, pois me senti na pele de um mendigo, com todas as suas carências e dificuldades, com a angústia de um futuro condenado a viver da caridade de outras pessoas. Portanto cabe a nós indivíduos privilegiados de saúde, estudo e condição financeira ajudar ao próximo, pregar o respeito e dignidade na sociedade, combater a violência, ser exemplo de honestidade e se comprometer a realizar seus próprios sonhos….

Compartilhe:

Marcio Machado

Apaixonado por esportes iniciou sua prática esportiva muito jovem em meados da década de 80, praticou vários esportes quase todos eles de forma competitiva, pois sempre gostou de extrair o máximo de sua performance atlética. Isto o incitou para se dedicar aos estudos na área da saúde, formou-se na licenciatura em educação física na Uniban e bacharel pela UniÍtalo, graduou-se também em Fisioterapia pela mesma universidade. Deu prosseguimento no seu aprendizado cursando quatro Pós Graduações a primeira em Treinamento Desportivo (Uni-FMU); Traumato-ortopédica (Uni-Gama Filho), Lutas e Artes Marciais (Uni-Estácio) e Treinamento Funcional (Uni- Estácio), atualmente está cursando outra especialização Lato Sensu na Faculdades Metropolitanas Unidas em Atividade Física Adaptada e Saúde. Contínua ampliando seus conhecimentos através de outras fontes de saber como livros, artigos, cursos e pesquisas. Mediante a uma vida inteira dedicada à saúde e bem estar, leciona há décadas artes marciais em três modalidades de luta e prescreve treinamento personalizado para inúmeras pessoas. Também atua como fisioterapeuta em reabilitação física e desportiva. Seu objetivo é proporcionar através da atividade física uma melhor qualidade de vida aos seus clientes e alunos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *